Por onde andei...

Mesmo dormindo, eu podia sentir a velocidade do ônibus, meu sono era leve, e na mente uma retrospectiva de tudo que havia acontecido naquele final de semana.


Não sabia quem acelerava mais, meu coração valente, que se desbravou de longe ao encontro do meu amor, ou o ônibus que me trazia de volta.


Aquele seu olhar me protegia durante a viagem pra casa. Aquele seu cheiro me acalentava pelo caminho afora, mas só o cheiro do seu cheiro não quer me deixar em paz. Só o gosto do teu beijo ficou e não quer ir embora. Só o seu suor me faz te desejar mais, e mais, e mais, e mais.....Viu ?


Chovia muito, mas eu não via, só sentia. E numa freada brusca o ônibus arremessou todos os passageiros para frente, sem dó. Mas calma, não morri, não foi um acidente, apenas o motorista querendo me acordar e dizer que o sonho acabou.



Mas a realidade continua. Até breve, meu amor.


É tão certo, quanto o calor do fogo ♪♪



23 comentários:

  1. Olá menino.
    Bom te ver postar novamente. Estava viajando, a isso se deve a minha ausência.
    Bjão

    ResponderExcluir
  2. P.S: Amei seu layout novo! De verdade *______* E os dizeres estão lindos =)

    *DB*

    ResponderExcluir
  3. Cara, sabe que sinto falta de ler coisas legais assim, como seus textos.

    Adorei,o texto. Eu acho que ja te falei mas repito, me sinto nas suas historias quando leio elas.

    Curto mto seus textos.

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Layout novo adoreiiiii!
    E o texto muiito bom!
    ai aii vc de volta!!
    \o/

    ResponderExcluir
  5. Bem, suspeitíssimo pra comentar, mais comentando.
    QUe tudo que foi escrito de alguma forma é compatível com coisas que se passam aqui comigo.. xD...

    Abraços

    ResponderExcluir
  6. hmmmmm!
    Ate arrepiei.
    que delicia...
    E que inveja boa que senti!
    haha..
    Bom te ver de voltaa!

    BeeijO, querido!

    ResponderExcluir
  7. Dizeres belos! Mas não fiques triste!
    se você voltou e está vivo, poderá
    voltar para os braços, novamente,
    de quem ama! fico feliz ao ler isto
    nobilissimo amigo, se é que lhe posso
    chamar assim. Estou a te seguir,
    me identifiquei bastante com seu blog
    Abraços

    Dan

    ResponderExcluir
  8. Ai, ai, ai...Meu Amigo some...e quando volta, é com algo tão romântico escrito. Hum, sentimento bom esse não é? Faz tempo que não o sinto. Saudades de vc, queridon!!!! Abração.

    ResponderExcluir
  9. ahaaa voltou nee q milagre AISHAOISHAS

    Bonito texto
    abraço daaand

    ResponderExcluir
  10. O sonho nunca vai acabar, pq o seu sonho é o meu sonho e nunca vou deixar de sonhar e viver sem medo de acordar do meu sonho, pois você está e sempre estará ao meu lado, não só nos meus sonhos,
    mas nos meus dias e na minha vida...

    ResponderExcluir
  11. Meu amor. Meu! Adorei suas palavras...
    Como é bom te ter comigo... Devemos sonhar mesmo, pra realizar de forma linda...
    Te amo meu menino..

    RED.

    ResponderExcluir
  12. Adorei o novo Layout e o texto tb!
    Que bom q está de volta amigo lindo.
    Bjos do Joe
    ^^

    ResponderExcluir
  13. Nossa, que postagem bonita!

    Me identifiquei bastante com o que você escreveu!
    É incrível, não é...? A gente fica completamente deslumbrado com a lembrança da pessoa amada... Nos tornamos absolutamente incapazes de aceitar uma realidade na qual tal pessoa não exista! E o simples fato de ela existir, mesmo não estando sempre perto, já é o bastante para nos fazer feliz!

    Parabéns!

    Se quiser, dá uma passadinha lá no meu blog?

    www.http://dominiorestrito.blogspot.com/

    Abraço!

    ResponderExcluir
  14. De repente não mais que eloquente as palavras fizeram-se intactas no ventre são da língua morta.
    Ela tentava soar um "não se vá" como quem fica esperando de boca aberta uma resposta, mas, agora muda; não pestanejava lhe vocábulos inerentes ou insossos; era apenas no momento um posto adormecido de quem se embebedava demais; um lugar cuja fricção demasiada fizera restar o pó, ou menos. A saliva era toda por completa acre e exprimia toda a fina cólera de sentimento engolido. Não que antes se fazia livre, mas nem que os fermentos da boca fizessem o desgastar necessário escorrer pelo chão, a palavra fluíra. Catedrática ventania se estabelece em um beijo, calo-me; apenas sinto a leve brisa roçar...

    Que bom que voltou!

    ResponderExcluir
  15. Amigo,
    que lindo texto, que belas palavras e quanto amoor. *----------*

    Estou feliiiz por te ver assim...
    Te amo muiito amigo ♥

    ResponderExcluir
  16. Por onde andei...
    Essa cai como uma luva pra mim, pelo menos o título. Mas eu sei... nao. Tenhu certeza de que vc sabe ond eu estava e mais que isso. Mas oque voce nao sabe eu vou te dizer: "te acompanhei mais de perto doque voce possa imaginar. Daquela nossa realidade a poesia dos meus sonhos." Saudades daquelas conversas demoradas! Saiba que minhas poesias nao tiveram mais destinatário, ficaram presas até hj, até agora.

    ResponderExcluir
  17. Que lindo, e não, os sonhos bons não acabam assim. Basta fechar o olho, e lá estão. Como canta Dinho "...é tão certo, quanto o calor do fogo...". Beeejo,beeejo, seguindo-te.

    ResponderExcluir
  18. Aaah, que bom que foi lá se molhar! :)
    Fico feliz que tenha gostado. Beeejo,beeejo, sempre bem vindo. Boa quinta-feira.

    ResponderExcluir
  19. Porque sempre que estamos curtindo um bom sonho aparece alguém pra nos acordar né? Nunca nos acordam quando estamos tendo pesadelos!

    ***

    ;D

    ResponderExcluir
  20. Oii!
    Boa tarde menino=)
    tava navegando e achei seu blog,vlw apena conferir,eu adorei e vou te seguir com alegria.
    Nossa esse texto ficou lindo!Nada como o amor,a paixão louca =)Motorista malvado esse,ihih!

    Bjos;*

    ResponderExcluir
  21. É a melhor sensação ter o amor por perto não é mesmo?
    lindo texto

    ResponderExcluir

Seguidores